Diagnóstico do zumbido

É necessário conhecer as particularidades de cada um, o estilo de vida pessoal e profissional, doenças associadas, alimentação e até mesmo genética influenciam o surgimento e avanço do zumbido. É preciso um diagnóstico preciso e personalizado para a escolha do tratamento mais apropriado.

Através de exames complementares, o otorrinolaringologista diagnostica e trabalha de maneira multidisciplinar com outros especialistas como fonoaudiólogos, neurologistas, odontólogos, endocrinologistas, ortopedistas e cardiologistas.