Será que tudo que sabemos sobre a audição é verdade? Confira os principais mitos! Categoria:

Mito-ou-Verdade

Você já se perguntou quantas coisas ouvimos falar sobre o sentido da audição e nossos ouvidos que não procedem?! Isso mesmo muitas vezes quando um assunto é desconhecido temos a tendência de criar opiniões apressadas e geralmente cometemos erros.
É por isso que separamos algumas situações para você entender melhor a perda auditiva.

Mito ou verdade?! Descubra agora!

É possível reverter a perda auditiva.

Mito. Se o paciente comprometeu as estruturas internas do ouvido o quadro é irreversível.

Zumbido no ouvido e sensação de tontura são alguns sintomas de perda auditiva.

Verdade. Assim como zumbido e sensação de tontura, apresentar dificuldade de entender outra pessoa e ter vertigem também são indícios do problema.

Labirintite ou zumbido causam perda auditiva.

Mito. São sintomas que já são consequência da perda de audição e não sua causa. Os sintomas aparecem como resultado de um ajuste que o cérebro tenta fazer quando existe a perda de audição.

Os idosos são os únicos que vão perdendo a audição ao longo da vida.

Mito. A perda auditiva na terceira idade, conhecida como presbiacusia, é muito comum, pois o sistema auditivo tem sua função alterada com o processo de envelhecimento. Porém, não existe faixa etária para desenvolver um problema auditivo, já que diversas são as causas dessa deficiência.

A perda auditiva interfere na vida social de uma pessoa.

Verdade. A perda auditiva pode trazer para uma pessoa consequências psicossociais. Um dos fatores é o isolamento gerado pela dificuldade de comunicação com os outros. A pessoa vai evitando conversar com familiares e amigos, por se sentir constrangido e isto pode chegar em um quadro depressivo, principalmente na terceira idade.

O aparelho auditivo é indicado apenas para casos graves.

Mito. O aparelho auditivo é indicado para qualquer grau, mesmo as mais leves.  Não usar o aparelho auditivo pode prejudicar ainda mais a audição e até comprometer outras funções cerebrais. Alguns estudos inclusive relacionam a privação auditiva com a ocorrência de demência na terceira idade, por exemplo.

Profissões que são expostas a sons intensos, como engenheiros, motoristas de ônibus e motociclistas, DJs, entre outros, devem usar regularmente o protetor auricular.

Verdade. O protetor auricular é um recurso que ajuda evitar a perda auditiva, e, portanto, recomendado a pessoas expostas a sons intensos.

Não é necessário fazer exame para detectar a perda auditiva.

Mito. Em alguns casos, o médico otorrinolaringologista detecta o problema durante a consulta, mas é necessário realizar o exame audiométrico para ter o diagnóstico real. Exames complementares também podem ser necessários para um diagnóstico adequado.

Os aparelhos auditivos são grandes e incomodam.

Mito. Aparelhos auditivos possuem uma tecnologia muito avançada. Atualmente são leves e discretos, alguns até já possuem sistema “bluetooth” (comunicação sem fio com diversos aparelhos áudio-visuais) para que os pacientes possam ouvir música, assistir televisão e atender ao celular direto pelo aparelho. E o mais importante o uso do aparelho auditivo recupera autoconfiança, o relacionamento no trabalho e a convivência familiar, facilitando a comunicação e a capacidade de ouvir bem, em diversas situações.

Aparelhos auditivos são caros.

Mito. Os custos dos aparelhos auditivos podem variar. Atualmente no mercado existem diversos modelos de aparelhos auditivos, com alta tecnologia e funções variadas, para atender às diferentes necessidades de cada paciente e adequar com a rotina do dia a dia. Além disso, existem opções e formas de pagamento à sua disposição. Com certeza o benefício do resultado vai superar qualquer investimento.

Como o aparelho auditivo aumenta os sons no ouvido, isso vai aumentar a perda auditiva.

Mito. O uso regular de aparelho auditivo, combinado com práticas efetivas de comunicação, mantém o estímulo e vai ser essencial para evitar prejuízos sociais, profissionais e de segurança que a perda de audição pode trazer. Adiar o uso do aparelho auditivo fará a perda auditiva continuar progredindo e pode acarretar consequências graves.

Lembre-se a Menthel, licenciada exclusiva da marca Siemens, tem as melhores opções para o cuidado da sua audição. Agende seu atendimento.