Perguntas Frequentes

O que acontece durante um exame auditivo?

Existem vários tipos de exames auditivos, a audiometria é um deles, talvez o exame mais conhecido.

Nele,  o paciente fica dentro de uma cabina acústica com fones de ouvido e vai sinalizar quando ouvir sons tipo apito em várias frequências e intensidades diferentes. O objetivo é pesquisar o limiar auditivo do paciente, conhecendo a partir de qual intensidade (volume) o paciente começa a ouvir.

Thamyres Verçosa, Fono Menthel, unidade de Maceió/AL.

Os aparelhos auditivos irão restaurar minha audição ao seu nível normal, assim como meus óculos corrigem minha perda de visão?

Depende do tipo e grau de perda auditiva e também do tempo de ficou sem estimular a audição.

Thamyres Verçosa, Fono Menthel, unidade de Maceió/AL.

É difícil se adaptar ao uso de aparelhos auditivos?

Não, pois hoje os aparelhos apresentam muitos recursos que facilitam e ajudam a ter uma boa adaptação, além de deixar o som o mais natural possível.

Flávia Bispo, Fono Menthel, unidade de Espinheiro, Recife/PE.

Quanto tempo duram os aparelhos auditivos?

Em média quatro anos, mas vai depender dos cuidados que o paciente tenha com os aparelhos (manuseio e limpeza), se o paciente comparece para as revisões que estão programadas, pode aumentar o tempo de vida do aparelho.

Flávia Bispo, Fono Menthel, unidade de Espinheiro, Recife/PE.

Os aparelhos auditivos possuem garantia?

Cada marca ou empresa possuem o seu tempo de garantia. Na Menthel, os aparelhos auditivos tem diferentes garantias de fabricação e dependendo da linha de tecnologia chegam até 5 anos de garantia.

Karine Lima , Fono Menthel, unidade de Boa Viagem, Recife/PE.

O que fazer caso um aparelho auditivo comece a apitar ou dar microfonia?

A microfonia ocorre quando há retorno do sinal de saída do aparelho auditivo para o microfone. É uma queixa entre os usuários de aparelhos auditivos que pode ser resolvida, quando solucionando alguns fatores como: conduto auditivo obstruído com cera (ocorrendo pois o som “bate e volta” causando a microfonia); tamanho da sonda; rachaduras no molde, tubo e/ou gancho (aparelhos retorauriculares) ou na cápsula (aparelhos intra-auriculares); moldes ou cápsulas folgados; escape de som pelo tubo do molde auricular (geralmente em aparelhos muito potentes); ou volume do aparelho alto demais. Para verificar o motivo da microfonia é sempre importante passar por um Fonoaudiólogo.

Karine Lima, Fono Menthel, unidade de Boa Viagem, Recife/PE.

Quais foram os últimos avanços na tecnologia de aparelhos auditivos?

A nossa nova linha de aparelhos tem um processador exclusivo para a própria voz do paciente, que a reconhece e faz com que ele consiga ouvi-la de forma mais natural, diminuindo as queixas referentes a esse quesito.

Além disso, nossos novos aparelhos têm conectividade com TV a partir de um equipamento específico via bluetooth e também com  o Iphone por meio de um aplicativo que é simples de ser baixado, fazendo com que o paciente consiga ouvir tanto o som da TV como do Iphone diretamente nos aparelhos auditivos.

Radmila Gomes, Fono Menthel, unidade de Natal/RN.

Os aparelhos me ajudam a ouvir melhor, mesmo em locais barulhentos?

Sim, nossos aparelhos têm um gerenciador de fala em ambientes ruidosos e configurador espacial, assim como outros recursos que promovem conforto auditivo em situações de ruído do vento.

Radmila Gomes, Fono Menthel, unidade de Natal/RN.

Qual a diferença entre um audiologista, um otorrinolaringologista e um especialista em aparelhos auditivos? Quem pode diagnosticar a perda auditiva?

O profissional audiologista é formado no curso de graduação em Fonoaudiologia, com especialização na área de audiologia. Ele é capacitado para realizar exames de audição que detectam perda auditiva.

O especialista em aparelhos auditivos, também é fonoaudiólogo e audiologista, porém, tem cursos e treinamentos específicos na área de próteses auditivas para selecionar e adaptar o aparelho auditivo adequado para o tipo da perda do paciente.

Já o otorrinolaringologista, é formado em Medicina com residência em Otorrinolaringologia e é responsável por examinar o sistema auditivo, assim como detectar doenças, receitar medicamento, realizar cirurgia e receitar ao paciente o uso dos aparelhos auditivos, quando verifica que o paciente tem uma perda auditiva.

Radmila Gomes, Fono Menthel, unidade de Natal/RN.

Quanto tempo por dia posso usar meu aparelho auditivo?

Orientamos que sejam oito horas no mínimo por dia, mais quanto mais usar, maior a estimulação e melhor adaptação. É orientado retirar apenas para tomar banho e dormir.

Katarine Ribeiro, Fono Menthel, unidade de João Pessoa/PB.

Existem aparelhos auditivos sem baterias?

Existem sim. Na Menthel temos aparelhos recarregáveis. Sua bateria é de íons de lítio e seu carregamento é feito por indução. A capacidade da bateria é de 48mAh, 24 hs de uso contínuo e durabilidade de 5 anos.

Ana Paula Alcântara , Fono Menthel, unidade de Fortaleza/CE.

Qual a validade de um exame de audição?

O exame audiométrico geralmente tem validade de 1 ano, tendo que ser renovado sempre que exceder esse período ou que houver necessidade.

Ana Paula Alcântara , Fono Menthel, unidade de Fortaleza/CE.