Nova terapia de zumbido traz alívio rápido e definitivo para quem sofre com este sintoma Categoria:

nova terapia

O zumbido é a percepção de um som na orelha ou na cabeça sem que haja uma fonte sonora externa. É um sintoma comum, não uma doença, que afeta quase 30 milhões de pessoas no Brasil, de acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Estudos já comprovaram que o zumbido é o terceiro pior sintoma que mais causa incômodo, ficando atrás apenas de dor crônica e tontura intensas e intratáveis. Em casos mais graves o zumbido pode interferir no sono e/ou na concentração, causando ansiedade ou até mesmo depressão.

É bom ressaltar que o zumbido raramente está relacionado a causas graves, podendo ter tratamento na maioria dos casos. É necessário um acompanhamento personalizado para que seja escolhido o tratamento mais adequado.

A Siemens pesquisa constantemente este sintoma e vem desenvolvendo tratamentos cada vez mais eficientes para combatê-lo. Recentemente acaba de ser disponibilizada uma nova alternativa de terapia de habituação. A nova terapia do zumbido está baseada em um estudo conduzido pelo Laboratório de Pesquisa de Audição de Kresge e pela Clínica de Zumbido do Centro de Ciências de Saúde da Universidade de Oregon que revelou que o som de zumbido pode ser classificado na maioria das vezes em duas grandes categorias: tonal e chiado. Mais da metade das pessoas pesquisadas, 59% relataram zumbido tonal; 25% relataram zumbido tipo chiado; e 16% apresentaram uma combinação dos dois. A pesquisa apontou a necessidade de suavizar o zumbido tonal a partir de sua origem anatômica, utilizando um entalhe espectral (notch) em vez de tratar os efeitos do zumbido por meio de terapia sonora tradicional.

Por isso, a nova terapia chamada de Notch Therapy, ao contrário da tradicional terapia do som, programa o aparelho auditivo para produzir um “entalhe” no mesmo tom do zumbido, realçando sons exteriores enquanto inibem o ruído interno. Este tratamento complementa outras características de terapia de zumbido já encontradas nos aparelhos com a nova tecnologia. O resultado é que os pacientes que sofrem com o zumbido e que testaram a nova terapia apresentaram melhora em apenas três semanas.

A terapia Notch utiliza-se de aparelhos auditivos de última geração da linha primax, que são programados para cancelar a frequência do som idêntica à do zumbido. “Normalmente, o zumbido tonal, que é o que lembra o som de um apito, está presente em apenas uma faixa de frequência. O que fazemos é desligar, no aparelho, a frequência correspondente ao zumbido. Com isto, o cérebro não recebe mais o som externo na mesma frequência e é estimulado a não perceber o zumbido”, explica Gisele Munhoes, Gerente de Produtos da Siemens.

A nova terapia de zumbido tem sido recebida com muita aceitação e comemoração por quem sofre com este sintoma, pois ele compromete a qualidade de vida das pessoas. “Com esse novo tratamento para o zumbido, a Siemens traz uma ferramenta inovadora que tem conseguido em pouco tempo resultados excelentes e até mesmo o alívio total do zumbido”, reforça Gisele.

A nova terapia do tratamento do zumbido, Notch, já cientificamente comprovada com excelência de resultados para quem sofre com o zumbido é uma exclusividade dos aparelhos auditivos da linha primax. A Menthel, licenciada exclusiva da marca Siemens, já tem disponível