Aproveite o verão sem otites! Categoria:


No verão aumenta a umidade, o calor, e o tempo em praias e piscinas. É nesse período que cresce o risco de infecções e de entrada de bactérias no ouvido, que se proliferam e causam a chamada otite externa.
Os principais sintomas dessa doença são: dores de ouvido, secreção, coceira, inchaço e diminuição da audição.
É importante ressaltar que caso a otite não seja tratada de maneira adequada, ela pode resultar até em uma surdez permanente.
E para curtir a estação mais quente do ano sem nenhum problema, é importante realizar um exame otológico, que vai mostrar qualquer irregularidade, e principalmente tomar cuidados como:
Secar os ouvidos depois de nadar ou mergulhar utilizando uma toalha (o uso do cotonete pode ser prejudicial);
Evitar nadar em águas contaminadas;
Inclinar a cabeça para retirar a água do ouvido, caso o sinta com água, entre outros.
Se mesmo assim você contrair uma otite de verão, procure um otorrinolaringologista, que indicará um tratamento apropriado.