5 dúvidas frequentes sobre zumbido Categoria:

O zumbido no ouvido é um dos problemas auditivos que geram mais dúvidas entre as pessoas. E como os fatores influenciadores para esse sintoma aparecer podem variar muito de um indivíduo para outro. É bastante comum que surjam variadas perguntas sobre o assunto.

Zumbido tem tratamento

Para trazer mais esclarecimento, preparamos as respostas para as dúvidas mais frequentes sobre zumbido:

O que causa o zumbido?

Ele pode surgir por variados motivos. Ao contrário do que muitos podem pensar, ele não é uma doença. Trata-se de um sintoma que pode ter relação com outros problemas do corpo. Entre as causas mais comuns para o seu aparecimento estão: o acúmulo de cera, perda da audição, excesso de medicamentos, falha na vascularização do ouvido, depressão e até a má alimentação.

Existe mais de um tipo de zumbido?

O zumbido no ouvido acontece a partir de um barulho bastante incômodo e pode ter mais de um tipo de som. Alguns são semelhantes a uma panela de pressão, outros lembram um apito, enquanto outros se parecem com chiados, podendo ser mais agudos ou graves.

Qual a influência da alimentação nesse problema?

Através de casos recorrentes, foi possível identificar que jejuns prolongados, abuso de café, refrigerantes, e álcool têm forte influência sobre o problema. A cafeína, inclusive, é apontada como uma das causas para o sintoma aparecer. Nesses casos, recomenda-se uma reavaliação da dieta.

O estresse e nervosismo podem piorar o zumbido?

Em pacientes que apresentam o zumbido no ouvido, quando há casos de irritabilidade, nervosismo e estresse, ele pode se tornar mais evidente e alto. Isso acontece porque o problema se relaciona diretamente com fatores psicológicos, de ansiedade e psicossomáticos. Prova disso é que mais da metade das pessoas que sofrem com isso têm depressão.

Existe cura para esse problema?

Como o zumbido é um sintoma que pode estar ligado a diversas doenças, dependendo de cada caso é possível tratar, curar e controlar. No entanto, em alguns casos esse problema é irreversível. Daí a importância de obter um acompanhamento especial para identificar as causas o quanto antes.

Quer saber mais sobre o tratamento de zumbido? Leia mais sobre o tema ou entre em contato com a nossa equipe.